Surf Português garante vaga nos Jogos Olímpicos

Aconteceu em Miyasaki neste mês de setembro.

O Surf prepara-se para fazer a estreia nos próximos Jogos Olímpicos, que irão decorrer em Tóquio (Japão) já em 2020, e o Surf Português está de parabéns pois já garantiu uma presença em tão importante evento.

Tudo se passou este mês de setembro durante os ISA World Surfing Games que tiveram lugar na região nipónica de Miyasaki entre os dias 7 e 15. Na prática, Frederico Morais, em representação de Portugal, foi o melhor atleta europeu na competição e isso assegurou para a equipa das quinas, automaticamente, uma vaga nos JO 2020.

O feito é histórico e obter a qualificação para as Olimpíadas de Tóquio, logo na edição em que o Surfing participa pela primeira vez enquanto modalidade reconhecida pelo Comité Olímpico, é um sonho de há muito de todos os que estão envolvidos no Surf Português.

A final do evento haveria de ser ganha por Ítalo Ferreira (Brasil), seguido de Kolohe Andino (EUA), Gabriel Medina (Brasil) e Shun Murakami (Japão) que ocuparam os lugares seguintes, pela ordem mencionada.

Em termos de nações, a medalha de ouro foi conquistada pelo Brasil, a medalha de prata foi entregue aos Estados Unidos da América, a medalha de bronze ficou no Japão, o país organizador, enquanto a medalha de cobre foi arrecadada pela vibrante equipa do Peru. A Seleção Nacional conquistou um excelente 11.º lugar da geral (entre as 54 nações presentes).

A fase de qualificação ainda não terminou pelo que Portugal pode vir a conquistar mais vagas e colocar mais surfistas portugueses no alinhamento competitivo de Tóquio 2020.

Parabéns a todos os envolvidos pelo estridente e histórico resultado!