Maria Salgado estreia-se a vencer na Liga Nacional de Surf

Última etapa teve lugar em Peniche.

Uma conquista que surgiu após uma final emocionante do Bom Petisco Peniche Pro, a etapa final da Liga MEO Surf 2022, um triunfo carimbado já com o pôr-do-sol a cair no Pico da Mota.

Depois de dois dias iniciais disputados no Lagido, a ação retomou no domingo no Pico da Mota, com a ronda 3 feminina a ir para a água. Nesta fase da prova destacaram-se os triunfos da ex-campeã nacional Carina Duarte e também de Carolina Santos rumo às meias-finais, com as juniores Maria Salgado e Gabriela Dinis a também garantirem vagas na fase seguinte.

Após uma pequena pausa, a ação retomou ao início da tarde com as meias-finais femininas, com Gabriela Dinis e Maria Salgado a garantirem a passagem à final, após triunfos frente a Carina Duarte e Carolina Santos, respetivamente. Algo que fez com que se soubesse antecipadamente que o Bom Petisco Peniche Pro teria uma vencedora em estreia na Liga MEO Surf – ambas as atletas já tinham participado em finais, mas nunca haviam ganho.

A vitória feminina acabou mesmo por cair para Maria Salgado, atleta da Associação Sealand de apenas 15 anos, com uma nota de 8 pontos a acabar por ser decisiva nas contas. Um resultado que garantiu a primeira vitória na Liga MEO Surf à jovem surfista de Santa Cruz, que terminou a temporada como vice-campeã nacional, depois de Teresa Bonvalot ter garantido o título por antecipação na etapa dos Açores.

“Estou muito feliz e um pouco sem palavras”, começou por dizer Maria. “Queria que a final me corresse bem e acabou por ser assim. Comecei com uma onda de 8 pontos, a Gabi ainda respondeu com um 7,75, mas consegui uma segunda onda e ganhei. Acabei o ano de forma muito boa. No próximo ano espero continuar a divertir-me desta forma e a fazer ondas boas, como consegui nesta etapa”, frisou.

Resultados final feminina: Maria Salgado 14,50 x Gabriela Dinis 11,75 pts

Além da vitória na etapa e o vice-campeonato nacional, Maria ainda conquistou o Bom Petisco Girls Score, um sub-troféu dedicado à melhor pontuação combinada no quadro feminino. Eis então o histórico de uma temporada memorável:

  • Vice-campeã nacional surf feminino (Liga)
  • Vice-campeã nacional Pro Junior feminino
  • Vice-campeã nacional de surf sub-18 feminino
  • Vice-campeã nacional de surf sub-16 feminino
  • 11.º lugar Pro Junior Europeu
  • 16.º lugar Mundial Júnior em El Salvador (ISA)
  • Campeã do Rip Curl GromSearch nacional (apurada para a final europeia sub-16 feminino)
  • Campeã Circuito Surf do Centro sub-16 feminino