Kanoa Igarashi vence o Pro Santa Cruz, uma prova que veio para ficar

Não precisava, mas já que aqui está porque não vencer?

É japonês e compete pelas cores desta bandeira, mas viveu nos Estados Unidos e fala português melhor que muita gente. Kanoa Igarashi foi o vencedor do Pro Santa Cruz Presented by Oakely, uma prova de 3000 pontos do circuito mundial de qualificação da World Surf League (WSL).

​Na última semana, a praia da Física tem estado na mira do mundo. Por cá, passaram nomes do surf mundial, tentando angariar pontos para chegarem ao circuito principal. Kanoa veio para se divertir e “experimentar umas pranchas”, uma vez que já compete no mundial.

A prova correu-lhe de feição. “Dava para ver o tempo a mudar e queria mesmo muito apanhar uma onda antes que a tempestade chegasse. Estou feliz por ter conseguido duas boas e vencer. Adoro estar em Portugal! É um dos meus locais favoritos e poder partilhar este momento com os meus amigos é óptimo”, referiu no final.

​A final foi contra Aritz Aranburu, ele próprio ex WCT e também experiente nestas águas. Ambos estiveram bastante activos na bateria, mas Igarashi conseguiu logo uma pontuação alta com um 7.83 (em 10 possíveis), seguido de uma manobra que lhe valeu 6 pontos. Com 13.83 pontos no total (em 20 possíveis), o actual número 24 do ranking mundial, ultrapassou o adversário basco que somou apenas 7.40 pontos no total.

​O surfista português Miguel Blanco acabou a prova na sexta ronda, onde perdeu para Charly Quivront e para o seu amigo Frederico Morais. Kikas, que no ano passado tinha conseguido um terceiro lugar, este ano avançou até aos quartos-de-final, ficando também por aqui.

DAQUI NINGUÉM ME TIRA

Ao que tudo indica, a nossa praia já conquistou o mundo e esta prova veio para ficar. Até 2021 Santa Cruz vai poder contar com muita acção na água, vinda dos quatro cantos do mundo.