CAMPEONATO NACIONAL DE SURF ESPERANÇAS – HIGHLIGHTS 2º DIA

Evento teve lugar na Praia do Mirante.

Francisca Veselko e Gabriela Dinis vencem Campeonato Nacional de Surf Esperanças em Santa Cruz. Uma manhã de domingo de longa espera uma vez que organização e atletas tiveram que aguardar até às 12:45 para que o nevoeiro desse uma trégua e permitisse que o Campeonato Nacional de Surf Esperanças powered by Noah Surf House Portugal finalmente arrancasse na Praia do Mirante, Santa Cruz, Torres Vedras.

Na primeira meia-final de Sub-16, Gabriela Dinis confirmou o estatuto de candidata à vitória ao afastar Erica Máximo com duas ondas na casa dos seis pontos. Ambas as atletas representam o Lombos Praia.

Na segunda semifinal, Beatriz Carvalho foi superada por Benedita Teixeira de forma surpreendente. Ambas representam a Associação Surf da Costa de Caparica.

Por altura da final foi Gabriela Dinis quem se mostrou mais motivada, acabando por renovar de forma algo natural um título que já havia conquistado em 2019, com uma pontuação de 12,25 pontos (6,25+6,00) contra os 7,45 somados pela oponente Benedita Teixeira que saiu do oeste com o título de vice-campeã nacional.

Em Sub-18, a primeira meia-final foi uma espécie de final antecipada, com Carolina Santos (Surf Clube de Viana) a mostrar mais consistência e eficácia, conseguindo afastar de prova Gabriela Dinis com duas ondas competentes na casa dos seis pontos.

Kika Veselko e Camila Cardoso, ambas do Ericeira Surf Clube, disputaram a segunda meia, mas foi a primeira quem acabou por assegurar a passagem para a final, mostrando-se mais tranquila e experiente.

Chegados à final, com a maré a meter água há já algum tempo, era de esperar que a exigência do mar abrandasse e se tornasse mais brando, mas este continuou difícil, muito pesado e com séries em torno dos dois metros. Só verdadeiras guerreiras para competirem em tais condições.

Começou melhor a bateria Kika Veselko, debitando uma onda de 7,50 pontos, à qual Carolina Santos respondeu com 4,75. Nos minutos que se seguiram Carolina nunca desistiu, fez mais algumas investidas, mas nunca conseguiu a nota necessária para alterar a situação. Kika acabou por se tornar campeã nacional sub-18 com um score expressivo que não deixa margem para dúvidas – 13,75 vs. 6,25 pontos.


Organização: Associação Sealand Santa Cruz e Federação Portuguesa de Surf
Mecenas Sealand: Eq. David Martins – Remax Vantagem, Café Parque, Noah Surf House Portugal, Manel Sport e Contafirme Seguros e Contabilidade
Apoios: Hotel Santa Cruz, Câmara Municipal de Torres Vedras, Junta de Freguesia da Silveira e Junta de Freguesia de A-dos-Cunhados e Maceira
Media partner: ON FM