Fazendo o balanço do ano com Tiago Santos

Jovem atleta teve uma época de adaptação.

Em abril de 2019 o Tiago Santos sagrou-se vice-campeão do Campeonato Nacional Universitário de Surf. Um feito que fica para a memória e que lhe cai na perfeição. Este jovem surfista santacruzense é, desde há muito, um dos atletas de referência em Santa Cruz e também da Associação Sealand.

Num destes dias de dezembro, aproveitámos para fazer o balanço do ano e começar a projetar a temporada que se segue.

Olá Tiago. Fechaste o ano dentro do top 30 da Liga MEO, a principal competição nacional de surf. O resultado corresponde às tuas expectativas?
Fiquei satisfeito por terminar o ano dentro do top 30, ainda que os meus objetivos fossem ficar um pouco melhor, no top 20.

Foi um ano de adaptação devido às lesões

2019 serviu essencialmente para recuperar de algumas lesões e operações. Fala-nos disso.
Foi um ano de adaptação devido às lesões, mas não foi por isso que trabalhei menos ou com menor qualidade. Fui operado ao pé direito no primeiro trimestre do ano de 2019 e estive ainda parado durante dois meses para recuperar desta mesma cirurgia.

(…) a faculdade exige bastante tempo e retira horas de treino

Como está a correr a temporada de inverno até ao momento?
Bem, até ao momento estou satisfeito com a minha prestação, embora a faculdade exija bastante tempo e retire horas de treino.

(…) o meu principal objetivo é continuar focado na Liga

Uma última questão. Para 2020 o objetivo é continuar focado na competição e na Liga ou passa por mais free surf e viagens?
Claro que o meu principal objetivo é continuar focado na Liga, competir com os melhores atletas nacionais e, enquanto puder, aprender com eles, pois só assim me tornarei um melhor surfista.


Fica a conhecer melhor este embaixador de Santa Cruz, através do RAIO X