Atletas Sealand presentes no arranque da Liga portuguesa de Surf

Tiago Santos, Maria Salgado e Guilherme Fonseca participaram na 1.ª etapa.

Arrancou no último fim de semana a Liga MEO Surf 2020, a liga do surf português que apura anualmente os campeões nacionais open da modalidade. A primeira etapa decorreu este último fim de semana entre a praia do Cabedelo e a Murtinheira, na Figueira da Foz, e foi o primeiro campeonato de surf a nível mundial a realizar-se pós surto da COVID-19.

Três atletas da Associação Sealand estiveram presentes: Maria Salgado, Tiago Santos e Guilherme Fonseca. Dos três, Gui foi o que chegou mais longe, tendo alcançado o Round 3 da competição masculina, onde viria a ser eliminado numa bateria muito disputada.

Tiago Santos, por sua vez, despediu-se logo no primeiro dia de prova, marcado pela inconsistência de swell e ondas muito pequenas, enquanto Maria Salgado, que é a campeã feminina (sub-16) em título do Circuito Surf do Centro, só competiu na manhã de domingo.

A jovem surfista conseguiu estar nos lugares de qualificação até quase ao final do Heat, fruto do bom desempenho e réplica dada às adversárias, mas nas contas finais acabou por ser eliminada e afastada do quadro competitivo. Valeu pela experiência.

Quantos aos vencedores, esses foram Frederico Morais e Teresa Bonvalot. Parabéns a eles!

Vale ainda recordar que o circuito está de regresso dentro de duas semanas, em Ribeira d´Ilhas (Ericeira), para a segunda etapa, nos dias 3 a 5 de julho.


Fotografia de Jorge Matreno/ANS